CRESCENDO NO ESPÍRITO CRIANDO HÁBITOS CRISTÃOS - 03

CRESCENDO NO ESPÍRITO
CRIANDO HÁBITOS CRISTÃOS - 03
GEN 4:1 a 24

Introdução: Estamos façando sobre a responsabilidade da vida cristã. Sòmente
                     voce é responsável por voce. Responsabilidade é aplicada tanto
                     para se tornar cristão como para viver a vida cristã, porque ela é parte
                     da essência do que somos: pessoas criadas a imagem e semelhança
                     de Deus. Porisso responsabilidade faz voce ser “voce”. Isso fez com
                     que Abel fosse “Abel” e Caim fosse “Caim”. Hoje veremos como
                     os hábitos da vida e os hábitos da morte são criados.           
                  
I – RESPONSABILIDADE CRIA HÁBITOS DE VIDA OU DE MORTE
   a – Todos nascemos porque Deus quis
      a.1 Adquiri um varão com o Auxilio de Deus, v.1     
      a.2 Depois nasce Abel, 2a
      a.3 Nossa vocação no trabalho honrado é aceito por Deus, v.2b, Gen 3:19      
   b -  Nosso relacionamento com Deus cria hábitos de vida ou de morte
      b.1 A revelação para o relacionamento é dada por Deus, Gen 3:21
      b.2 A revelação requer o exercício da responsabilidade, v.3
 
II – OS HÁBITOS DA RESPONSABILIDADE
    a – O exercício da responsabilidade é capaz de:
    b - Agradar a Deus, v.4
    c - Tornar alguém justo e aprovado perante Deus, Heb 11:4
    d - Desagradar a Deus
    e - DeTornar alguém reprovado perante Deus, v.5, I João 3:12   

III – COMO SE FORMAM OS HÁBITOS DA MORTE
         Hábitos de morte se formam da mesma maneira para crentes
         e para incrédulos: para incrédulos termina no inferno, para os
         crentes termina na vida carnal.
    a – Começa com a rejeição da revelação
    b – Continua com o estabelecimento de seu próprio plano de vida, v.5a
    c – Segue com o endurecimento de coração, v.5b
    d – Rejeita a oportunidade de arrependimento, v.6,7
    e – Definitivamente cria o hábito da morte, v.8
    f – Termina na rejeição final por Deus, daí não há volta, v.9 a 15

Conclusão: Pessoas como Caím estabelecem uma geração maldita sobre
                    a terra, v. 16 a 24.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – Estou criando e mantendo hábitos de vida ou de morte em meu dia a dia?
2 – Quais as 2 maiores coisas que farei para parar os hábitos de morte?

3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para iniciar ou continuar hábitos de vida?
CRESCENDO NO ESPÍRITO
CRIANDO HABITOS CRISTÃOS - 02

Introdução: Sòmente voce é responsável por voce. Responsabilidade é uma
                     qualidade de caráter, uma característica que faz voce ser “voce”.
                     Voce é responsável por tudo que voce faz, entender essa
                      responsabilidade é o maior sinal de maturidade cristã. Vamos
                      estudar a vida de Saul para enteder um pouco desse assunto.

I – PRIMEIRA RESPONSABILIDADE: ENTRAR NO DESTINO
   a – A unção não é baseada em quem é Saul, I Sam Cap 9
      a.1 Deus escolhe pela graça, 9: 9:1,2     
      a.2 Deus controla as cirscunstâncias, 9:3 a 13
      a.3 A 1ª responsabilidade: receber aquilo Deus propõe, 9:21
      a.4 Deus nos coloca em lugar priviligiado na sala do banquete, 9:22 a 26
   b -  A unção é pessoal e é Deus quem nos escolhe, 9: 27 a 10:1 a 7
   c -  Nesse ponto começa mossa responsabilidade, 10:8
   d – Deus está com pressa e muda nosso coração, 10:9 a 13
 
II – RESPONSABILIDADE PERANTE DEUS E OS HOMENS
    a – Deus faz isso de maneira que as pessoas entendam, 10:19 a 21
    b – Mas não podemos nos esconder na bagagem, 10:22
    c – Deus te criou para impressionar, 10:23
    d – Deus te criou como resposta para problemas, 10:24 a 26

III – TEMOS QUE ROMPER COM A VIDA ANTIGA,
    a – É o ES que tem poder para nos tira da vida antiga, 11: 1 a 7
    b – Quando O ES faz isso, estabelece nossa autoridade, 11:11 a 15
    c – A benção depende do exercício da responsabilidade, 12:13 a 15
    d - A responsabilidade é manter-se dependente de Deus, 13:1 a 12
    e – Somos responsáveis pela perda da benção, 13: 13 a 14
    f – Deus e sua Palavra se apartam, vem os saqueadores, 13:16 a 23

Conclusão: A longanimidade de Deus ainda espera um tempo antes de
                     romper totalmente conosco, sem que haja mais retorno. Mas
                     se não assuminos nossa responsabilidade...15: 1 a 29   

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – Numa escala de 0 10 quão responsável tenho sido pelas coisas de Deus?
2 – Quais as 2 maiores coisas que impedem de ser responsável?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para tornar me responsável?

CRESCENDO NO ESPÍRITO: CRIANDO HÁBITOS CRISTÃOS

CRESCENDO NO ESPÍRITO
CRIANDO HÁBITOS CRISTÃOS

Introdução: A verdadeira transformação cristã vem de dentro pra fora. Vem de
                      algo que o próprio Deus faz. Porém, para que Ele faça, temos que 
                      apresentar nossos corpos por sacrifício vivo para que nossa 
                      mente seja transformada. Essa transformação de mente criará 
                      novos hábitos. Ai estão alguns novos hábitos que temos que 
                      aprender:

I – DESCUBRA A PALAVRA DE DEUS, Josué 1:7,8
   a – A Palavra de Deus é uma ferramenta de transformação
      a.1 Acolhei com mansidão a Palavra em vós implantada, Tg 1:21b     
      a.2 Santifica-os na verdade, a tua Palavra é a verdade, Joao17:17
      a.3 Vós já estais limpos pela Palavra..., Joao 15:3
      a.4 A Palavra de Deus é viva e eficaz..., Heb 4:12
   b -  A Palavra que vem da boca de Deus dá vida
     b.1 O homem vive ... de toda palavra que procede da boca de Deus. Mt4:4
     b.2 As palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida, Joao 6:63
     b.3 A Palavra de Deus é criadora, Heb 11:3
    
II – COMECE UMA VIDA DE ORAÇÃO E ADORAÇÃO
    a – Jesus manda orar:
       a.1 Pedi, e dar-se-vos-á, Mt 7:7 a 11
       a.2 Pedir para fazer obras, para glória do Pai, Joao 14:12 a 14
       a.3 Orar sem esmorecer, Luc 18:1 a 8
    b – A oração do justo é eficaz, Tiago 5:16 a 18
       b.1 Não precisa ser super-crente, só um justo, v.17 a
       b.2  A oração do justo é criativa, v.17b, 18

III – VIVA UMA VIDA DE OBEDIENCIA, Tiago 4:17
    a – Obedecer é melhor que sacrificar, I Sam 15:22,23
    b – Obediencia começa em Deus, Ele já fez sua parte, Eze 36,27,27
    c – Obediencia reflete o conhecimento de Deus, I Jo 2:3,4
       c.1 Quem nasceu de Deus não pode viver pecando, I Jo, 2:8,9
       c.2 Evite o faccioso, ele está condenado por si mesmo, Tito 3:10,11
       c.3 Somos servos de quem obedecemos, Rom 6:16 a 19

Conclusão: Suas atitudes se refletem em teu comportamento, teu comportamento  
                    criam seus hábitos, seus hábitos demonstram suas crenças, sua crenças
                    refletem o que ocupa sua cabeça, seus pensamentos: mude seus
                    Pensamentos e mudará tudo, Rom 12:1,2.
                   
PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – O que meu comportamento reflete: a glória de Deus ou a vontade do inimigo?
2 – Quais as 2 maiores coisas que impedem meu comportamento de refletir 
       a glória de Deus?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para mudar meu comportamento?

CRESCENDO NO ESPÍRITO - A UNIDADE DA ALMA

CRESCENDO NO ESPÍRITO
A UNIDADE DA ALMA
PILIPENSES 2:1 a 16

Introdução: Se há, pois, alguma exortação em Cristo, alguma consolação de amor,
                     alguma comunhão do Espírito, se há entranhados afetos e misericórdias,
                     completai a minha alegria, 2:1,2a
  
I – UNIDADE DA A ALMA É PRODUZIDA PELO ESPÍRITO, 2:2a a 4
   a – Unidade da alma ter o mesmo;
      a.1 Padrão de pensamento,  2:2b     
      a.2 Amor fluindo pela alma, 2:2c       
      a.3 É ser unido na alma, 2:2d
      a.4 O mesmo sentimento, 2:e
   b -  É não fazer nada por partidarismo nem por vanglória, v.3,4
     b.1 É fazer as coisas por humildade, v.3a
     b.2 É considerar os outros superiores a mim, v.3b
     b.3 Não ter em vista o que é seu, v.4a
     b.4 É ter em vista o que é dos outros, v.4b
    
II – UNIDADE DE ALMA É TER O SENTIR DE CRISTO, 2:5a8
    a – Ele era Deus, mas... v.6 a 8
       a.1 Se esvaziou, 7a
       a.2 Assumiu a forma de servo, v.7b
       a.3 Foi reconhecido em figura humana, v.7c
       a.4 A si mesmo se humilhou, 8a
       a.5 Obedeceu até a morte de cruz, v.8b

III – RESULTADOS DA UNIDADE DE ALMA, 2:9
    a – Deus exalta sobremaneira, v.9a
    b – Deus dá um nome sem igual, v.9b
    c – Para que:
       c.1 Ao nome de Jesus se dobre todo joelho, 10a
       c.2 Toda lingua confesse o Senhorio de Jesus, v.11a
       c.3 Para a glória do Pai, v.11b
    d – Por essa razão, meus amados, v.12
       d.1 Obedeçam, v.12a
       d.2 A obediencia desenvolve a salvação da alma, v.12b
       d.3 A obediencia liberar o realizar de Deus em nós, v.13   
 
Conclusão: Fazei tudo sem murmurações nem contendas, para que
                    vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus
                    inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta,
                    na qual resplandeceis como luzeiros no mundo, preservando
                    a palavra da vida, para que, no Dia de Cristo, eu me glorie de
                    que não corri em vão, nem me esforcei inutilmente. 2:14a16

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO

1 – Numa escala de 0 a 10 o quanto minha alma vive em unidade?
2 – Quais as 2 maiores coisas que me impedem de viver a unidade da alma?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei viver a unidade da alma?

CRESCENDO NO ESPÍRITO: A LÍNGUA CONTROLADA PELO ESPÍRITO

CRESCENDO NO ESPÍRITO
A LÍNGUA CONTROLADA PELO ESPÍRITO
TIAGO 3:1 A 18

Introdução: Quando nascemos de novo os padrões de vida mudam. Por exemplo:
                      passamos a viver  através da sabedoria de Deus e não pela sabedoria
                      terrena. Na verdade, a sabedoria de Deus está a nossa disposição: “Se,
                    porém, algum de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus, que
                    a todos dá liberalmente e nada lhes impropera; e ser-lhe-á
                    concedida” Tiago 1:5. A sabedoria é expressada principalmente
                    em nosso falar, pela lingua.
  
I – A IMPORTANCIA DE DOMAR A LINGUA, 3:2 a 12
   a – Os tropeços: 3:2
      a.1 Todos tropeçamos em alguma coisa, v.2a
      a.2 Quem não tropeça no falar é varão perfeito, v.2b
      a.3 É capaz de refrear o corpo todo, v.2c
   b – O poder de coisas pequenas, 3:3 a 5  
      b.1 Pequeno freio na boca do cavalo controla seu corpo, v.3
      b.2 Pequeno leme dirige um grande navio em aguas agitadas, v.4
      b.3 A lingua é como uma fagulha: incendia uma floresta, v.5
   c – O que é a lingua, 3: 6 a 8
      c.1 Lingua é fogo, mundo de iniquidade, contamina todo o corpo, v.6a
      c.2 Incendeia a existencia humana, é posta em chamas pelo inferno, v.6b
   d. Domamos todo tipo de seres, v.7 
   e. Não conseguimos domar a língua, v.8a
II – O QUE É A LINGUA 3:8b a 10a
    a – Água doce e amarga da mesma fonte? V.11    
    b – Com ela bendizemos o Senhor, 9a
    c – Mas com ela amaldiçoamos as pessoas, v.9b
    d – Da boca procede benção e maldição, v.10a
III – NÃO É CONVENIENTE QUE AS COISAS SEJAM ASSIM, 3:10 a a 14
    a – Agua doce e salgada da mesma fonte? V.11
    b – Azeitonas de figueira, figos de videira? V.12    
    c – Quem é sabio e inteligente espiritualmente mostre suas obras, v.13
       c.1 Em mansidão e sabedoria, v.13a
       c.2 Mediante condigno proceder, v.13b
    d – Mas se as obras forem, v.14,15
       d.1 Coração invejoso e amargurado, v.14a
       d.2 Sentimento faccioso, mentiroso, v14b
    e – Isso não é sabedoria de Deus, v.15,16
       e.1 É terrena, animal e demoníaca e é toda ruim.  
 
Conclusão: A sabedoria, porém, lá do alto é, primeiramente, pura;
                  depois, pacífica, indulgente, tratável, plena de misericórdia
                  e de bons frutos, imparcial, sem fingimento. Ora, é em paz
                  que se semeia o fruto da justiça, para os que promovem a
                  paz. V.17,18
PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO

1 – Numa escala de 0 a 10 o quanto estou controlando minha lingua?
2 – Quais as 2 maiores coisas que me impedem de contralar a lingua(a)?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para controlar a lingua(a)?

CRESCENDO NO ESPÍRITO A FRAQUEZA QUE PRODUZ GRANDEZA

CRESCENDO NO ESPÍRITO
A FRAQUEZA QUE PRODUZ GRANDEZA
2 COR 12:1 A 10


Introdução: Quando nascemos de novo os padrões de vida mudam. Por exemplo: 
                      para termos mais, precisamos dar: Dai e ser-vos-a dado, Lc 6:38; 
                      para sermos o maior, temos que ser servos de todos, Mt 23:11; mas 
                      o maior dentre vós será vosso servo; veja quem são os bem 
                      aventurados, Mt 5:3a11.
                           
I – GLORIAR-SE SÒMENTE NAS COISAS DE DEUS: Cap 12:1 a 6
   a – Gloriar-se nas visões e revelações do Senhor, v.1
      a.1 Conheço um homem em Cristo, v.2a
   b – Gloriar-se no que Deus fez: arrebatou até o terceiro céu, v.2b  
      b.1 Se no corpo ou fora dele não sabe, v.2c
   c – Foi arrebatado até o Paraíso, v.3,4a
      c.1 Ouviu Palavras inefáveis, v.4b
   d. Das coisas de Deus podemos nos gloriar, v.5a 
   e. Mas de nós mesmo só podemos nos gloriar em nossas fraqueza, v.5b
   f. Mas ainda nas coisas de Deus devemos nos abster de gloriar-nos, v.6

II – O PRÓPRIO DEUS IMPEDE A SOBERBA, CAP.12:7 a 10
    a – Impede a soberba colocando espinho na carne, v7a    
       a.1 Mensageiro de Satanáz, v.7b
       a.2 Para nos esbofetear, v.7c
       a.3 Para evitar que nos exaltemos, v.7d          
    b – Nào adianta orar contra algo que o próprio Deus permite, v.8
    c – Deus quer que vivamos pela graça, v.9a
    d – O poder de Deus se aperfeiçoa na fraqueza humana, v.9b
    e – Porisso devemos nos gloriar em nossas fraquezas para ter o poder 
         de Deus, v.9c

 
Conclusão: Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades,
                   nas perseguições, nas angústias, por amor de Cristo. Porque, quando
                   sou fraco, então, é que sou forte.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO

1 – Numa escala de 0 a 10 quão fraco(a) estou sendo em minha vida?
2 – Quais as 2 maiores coisas que me impedem de ser fraco(a)?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para me tornar fraco(a)?

CRESCENDO NO ESPÍRITO – ESTUDO 09

CRESCENDO NO ESPÍRITO – ESTUDO 09
EFESIOS 6:1 a 9

Introdução: No capitulo 5 vimos como nos encher do Espírito Santo, e Paulo
                      começou na primeira parte falando do relacionamento do esposo
                      e da esposa. Capítulo 6, Paulo continua demonstrando como 
                      devemos nos relacionar no ES.                       
                           
I – RELACIONAMENTO FILHO E PAI CHEIOS DO ES., Cap 6:1 a 4
   a – Filhos: v.1,2
      a.1 Obedecei os pais no Senhor, v.1a
      a.2 Isso está relacionado com a justiça, v.1b
      a.3 Obediencia está ligado a Honra, v.2a
      a.4 Obediencia que Honra libera promessas de sucesso e longevidade, v.2,3
   b – Pais: v.4
      b.1 Não provoque a ira, v.4a
      b.2 Criar na disciplina e admoestação do Senhor, v.4b

II – RELACIONAMENTO SENHORES E SERVOS CHEIOS DO ES., Cap 6:5a10
      a – Servos: v. 5 a 8     
         a.1 Obedecei ao seu senhor na carne, v.5a
         a.2 Obedecei con temor e tremor, v.5b
         a.3 Obedecei com sinceridade de coração, v.5c
         a.4 Obedecei como obedecemos a Cristo, v.5d
         a.5 Não servindo de aparencia, v.6a
         a.6 Não para agradar a homens, v.6b, v.7c
         a.7 Obedecer como a servos de Cristo, v.6c, v.7b
         a.8 Obedecer de coração fazendo a vontade de Deus, v.6d, v.7a  
         a.9 Há um só padrão para servos e livres que tem recompensa, v.8
      b – Senhores:
         b.1 O padrão é o mesmo para os Senhores, 9a
         b.2 Não pode haver ameaças, v.9b
         b.3 Servo e senhor tem o mesmo Senhor, v.9c
         b.4 É o Senhor de ambos não faz acepção de pessoas v.9d
 
Conclusão: Deus é um Deus de um só padrão. Isso faz com que A justiça divina
                     seja Imparcial. Por essa razão, os relacionamentos cristãos não são 
                      ajustados a circunstãncias tais como posição social, cor, sexo, etc. 
                     Todo tipo  de relacionamento reflete o amor, a justiça e a sabedoria 
                     de Deus. E todo relacionamento é baseado no conceito de 
                      submissão: primeiro a Deus, depois submissão um ao outro.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO

1 – Como está minha vida em ralação ao conceito SUBMISSÃO?
2 – Quais as 2 maiores coisas que me impedem de viver uma vida submissa?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para resolver meu problema de
        insubmissão?

CRESCENDO NO ESPÍRITO – ESTUDO 08

CRESCENDO NO ESPÍRITO – ESTUDO 08
EFESIOS 5:1 a 32

Introdução: O capítulo 5 nos dá a receita da vida cristã vitoriosa: imitar o Pai
                      como filhos amados, andar como filhos da luz e se encher do 
                      Espírito Santo.
                           
I – IMITEM O PAI COMO FILHOS AMADOS, Cap 5,:1 a 7
   a – Andando em amor, v. 2a
   b – Se entregando como sacrificio de cheito suave, v.2b     
   c – O que mata o amor e anula o cheiro suave do sacrifício, v:3,4
      c.1 Impudicicia, impureza e cobiça, v.3
      c.2 Conversa torpe, palavras vãs e chocarrices, v.4
   d – Herdando o reino de Deus e de Cristo, v.5
      d.1 Quen não herda: incontinente, impuro, avarento que é idólatra, v.5
   e – Evitando o engano das palavras vãs, v.7

II – ANDE COMO FILHO DA LUZ, Cap 5:8 a 17
      a – Porque antes eramos travas, agora somos luz, v.8     
      b – O fruto da luz é: bondade, justiça e verdade, v.9
      c – Como andar como filhos da luz: v.10 a 13
         c.1 Provando o que é agradável ao Senhor, v.10
         c.2 Reprovando e não sendo cúmplice de obras infrutíferas, v.11 a 13
         c.3 Andando desperto e iluminado, v.14
         c.4 Andando como sábio, remindo o tempo, v.15,16
         c.5 Compreendendo a vontade do Senhor, v.17        
 
III – ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO SANTO, Cap 5:18a33
      a – Como se encher do Espírito Santo:v.18:b
         a.1 Falando entre vós com salmos, v. 19a
         a.2 Louvando a Deus de coração com hinos e canticos espirituais, v. 19b
      b – Dando graças por tudo, v.20
      c – Submetendo-vos uns aos outros no temos de Cristo, v.21
      d – O Padrão da submissão: Cristo e a Igreja, v.22 a 32
         d.1 Se submeter como ao Senhor, v.22  
         d.2 A submissão faz o outro ser como Cristo e Salvador, v. 23,24
         d.3 Amar com o amor sacrificial de Cristo, v.25
         d.4 Amor sacrificial santifica através da Palavra, v.26
         d.5 O amor sacrificial aperfeiçoa, santifica e glorifica, v.27
         d.6  Somos membros do corpo, um membro não pode odiar o outro, v.28 a 33

Conclusão: A vida vitoriosa necessita de 3 componentes especiais: um modelo
                     para seguir: o Pai; um estilo de caminhada na vida: andar como 
                     filho da luz e um alvo para focar e direcionar a caminhada: 
                     ser cheio do Espírito Santo. 

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO

1 – Numa escala de 0 a 10, quanto tenho tido uma vida cristã vitoriosa?
2 – Quais as 2 maiores coisas que me impedem de ser vitorioso(a)?
3 – Quais as 2 maiores coisas que farei para tornar-me vitorioso(a)?