INICIANDO UMA VIDA DE TRIUNFO

INICIANDO UMA VIDA DE TRIUNFO
I SAM 17: 32 a 51

Introd: Uma vida de triunfo acontece publicamente, porém os valores e princípios que determinan o triunfo são aprendidos e internalizados na vida particular, quando ninguém está vendo. Todos queremos o triunfo, mas nem todos queremos pagar o preço nem viver pelos princípios que o produzem. Queremos a GLÓRIA, mas não queremos o TREINAMENTO que a glória exige: treinamento de uma vida de fé.

I – A DECLARAÇÃO DA FÉ E DA INCREDULIDADE, I Sam 17: 32 a 37
    a – A fé diz: não desfaleça teu coração, eu pelejarei com o gigante, v. 32
    b – A incredulidade diz: não podes pelejar com o gigante, v.33
    c -  A fé diz: veja o que o Senhor já fez..tenho história, v. 34 a 36
    d – A fé diz: O Senhor que me deu vitória antes, dará outra vez, v.37

II – A PREPARAÇÃO PARA O TRIUNFO, I Sam 17: 38 a 47
    a – Não podemos vestir armadura alheia, não funciona, v.38,39
    b – Cajado, pedras escolhidas e funda, teu dia a dia...v.40
    c – Tamanos iniciativa de encarar nosso gigante, v.40
    e – Nosso escudeiro é nossa experiencia com Deus, nossa fé, v.41
    f – O inimigo nos depreza e depreza nossas armas, v.42,43
    g - Nossa declaração de guerra, v. 45 a 46
       g.1 - Voce vem por voce mesmo, eu vou pelo meu Deus
       g.2 - Hoje o Senhor me entrega voce, te firo, corto tua cabeça, venço teu soldados
       g.3 - Para que fica claro QUE MEU DEUS É O VERDADEIRO DEUS!

III – O TRIUNFO, I Sam 17:47 a 51
    a – Todos ficarão sabendo que Deus é quem salva, v.47
    b - Devemos ter pressa em possuir nossa vitória, 48    
    c - Devemos usar nossas armas...A pedra lisa do ribeiro derruba gigantes, v.49
    d - Nossas armas:
       d.1 - Não são carnais, mas... 2 Cor 10:4; 2
       d.2 - Armas da justiça, Cor 6:7;
       d.3 - Armas da luz, Rom 13:12
    e - Profecia cumprida: cabeça cortada, v.51

Conclusão: Vida de triunfo é uma vida vivida pela fé, baseada nos princípios de Deus.

PERGUNTAS:

1 – Estou vivendo uma vida onde o triunfo é normal ?
2 – Quais as as duas principais coisas que impedem meu triunfo?
3 – Duas coisas mais importantes que farei para viver em triunfo.

O QUE O ESPÍRITO SANTO DIZ AS IGREJAS

O QUE O ESPÍRITO SANTO DIZ AS IGREJAS
APOC. CAP. 2,3
Introdução: Essa é uma análise das cartas às Igrejas do Apocalípse. Nossa conclusão é de que as igrejas de nossos dias devem ter um estilo de vida descrito como aquele descrito nas sete cartas.

I - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE ÉFESO: 2:1a7
1 - Quem sou EU
   a- CONSERVO na mão direita as sete estrelas
   b- ANDO no meio dos sete candeeiros
2 - Te Conheço
   a- tuas obras, teu labor, tua perseverança
   b- não suportas os homens maus
      b.1 provaste os apóstolos e achaste os mentirosos
   c- tens perseverança, suportas provas por amor ao meu nome sem esmorecer
3 - Tenho contra ti
   a- abandonaste teu primeiro amor
4 - Meu Conselho
   a- lembrate donde caíste, arrepende-te, volta a prática das primeiras obras
   b- Se não se arrepender, venho e movo teu candeeiro do seu lugar.
5 - Tens ao teu favor
   a- Odeia as obras dos nicolaítas que EU odeio
6 - Se voce vencer..
   a- Vai se alimentar da arvore da VIDA que está no paraíso de Deus.

II - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE ESMIRNA:2:8a11
1 - Quem sou EU
   a- O Primeiro e o Último
   b- Que esteve morto mas reviveu
2 - Te Conheço
   a- Tua tribulação, tua pobreza(mas és rico)
   b- A blasfemia dos que se declaram Judeus mas sao sinagogas de Satanaz.
3 - Não Temas o que tens que sofrer
   a- O Diabo está para lancar na prisao alguns de vós, para provar
   b- Terei tribulação de dez dias
4 - Meu Conselho
   a- Se fiel até a morte
   b- Te darei a coroa da vida.
5 - Se voce vencer..
   a- De nenhum modo sofrerá o dano da segunda morte.

III - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE PÉRGAMO:2:12a17
1 - Quem sou EU
   a- O que tem a espada afiada de dois gumes
2 - Te Conheço
   a- O lugar onde habitas, onde está o trono de Satanaz
   b- Que conservas meu nome e não negastes a fé
   c- ainda nos dias de assassinato
3 - Tenho algumas coisas contra ti
   a- Tem os que sustentam a doutrina de Balaão
   b- Tem os que sustentam a doutrina dos Nicolaítas
4 - Meu Conselho
   a- Arrepende-te
   b- Senão venho a ti sem demora e pelejo com a espada da minha boca
5 - Se voce vencer..
   a- Comerá do maná escondido
   b- Darei uma pedrinha branca com teu nome novo.

IV - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE TIATIRA:2:18a29
1 - Quem sou EU
   a- O Filho de Deus
   b- Que tem os olhos comno chamas de fogo
   c- Que tem os pés como bronze polido
2 - Te Conheço
   a- As tuas obras
   b- O teu amor
   c- A tua fé
   d- O teu serviço
   e- Tua perseverança
   f- Tuas últimas obras mais numerosas que as primeiras
3 - Tenho contra ti
   a- Que toleras a Jezabel, falsa profeta e suas obras
   b- Dei lhe tempo pra que se arrepndesse,mas não se arrependeu
   c-  Trarei juízo contra ela e contra quem anda com ela
      c.1 Trago doença sobre ela
      c.2 Tribulação para quem adultera com ela
      c.3 Se Jezabel não se arrepender: Matarei seu filhos
      c.4 Todos conhecerão que sou onisciente e justo
4 - Mas aos que não tem essa doutrina
   a- Não colocarei outro jugo sobre voces
   b- Conservai o que tendes até que EU venha
5 - Se voce vencer..E GUARDAR MINHAS OBRAS
   a- Darei autoridade sobre as nações
   b- Regera con cetro de ferro e as despedacará
   c- Te darei a estrela da manha

V - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE SARDES:3:1a6
1 - Quem sou EU
   a- O que tem os sete Espíritos de Deus
   b- e as sete estrela
2 - Te Conheço
   a- Tens nome de quem vive
   b- Mas estas morto  
3 - Se Vigilante:
   a- Consolida o resto que estava para morrer
   b- Não tenho achado íntegras tuas obras na presença de Deus
   c- Lembra-te do quem tem recebido e ouvido
      c.1 Guarda-o
      c.2 Arrepende-te
    d- Se não viagiares
       d.1 Virei a ti como ladrão
       d.2 Nao saberá a hora da minha vinda (ficara para tras)
4 - Tens Contudo..
   a- Poucos que não contaminaram suas vestes
   b- Andarão comigo, pois são dignos
5 - Se voce vencer..
   a- Será vestido de vestiduras brancas
   b- Não apagarei seu nome do livro da Vida
   c- Confessarei seu nome diante do Pai e dos anjos

VI - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE FILADELFIA:3:7a13
1 - Quem sou EU
   a- O Santo
   b- O Verdadeiro
   c- O que tem a chave de Davi
2 - Te Conheço
   a- Tens diante de ti uma porta que ninguém pode fechar
   b- Tens pouca força
   c- Guardaste a Palavra
   d- Não negaste meu nome  
3 - Eis que Farei:
   a- Os da sinagoga de Satanas
     a.1 Se prostrarão aos teus pés
      a.2 Reconhecerão que Deus te amou
   b- Porque...
      c.1 Guardaste a minha Palavra da minha perseverança
      c.2 Te guardarei na grande tribulação
    d- Se não viagiares
       d.1 Virei a ti como ladrão
       d.2 Nao saberá a hora da minha vinda (ficara para tras)
4 - Venho sem demora
   a- Conserva o que tens
   b- Para que ninguem tome tua coroa
5 - Se voce vencer..
   a- Farei coluna no santuário do meu Deus, jamais sairá dai
   b- Não apagarei seu nome do livro da Vida
   c- Gravarei sobre ele o nome do meu Deus
   d- O nome da cidade do meu Deus
   e- Gravarei meu nome


VII - O QUE O E.S. DIZ A IGREJA DE LAODICÉIA:3:14a22
1 - Quem sou EU
   a- O Amém
   b- A testemunha fiel e verdadeira
   c- O princípio da criação de Deus
2 - Te Conheço
   a- Não é quente nem frio
   b- És morno
   c- Estou a ponto de vomitar-te da minha boca
3 - Teu erro:
   a- Imagem errada de si mesmo
     a.1 Pensa que é rico e auto-suficiente
     a.2 Mas és: infeliz, miserável, pobre, cego e nu
   b- O que eu faço:
   c- Se zeloso e se arrependa
      c.2 Vestes brancas
      c.3 Colírio para os olhos      
4 - Estou a porta e bato
   a- Se alguém ouvir minha voz
   b- Abrir a porta
   c- Entro em sua casa, cearei com ele e ele comigo
5 - Se voce vencer..
   a- Sentará comigo no meu trono,
   b- Como Eu sento com meu Pai

SUMMARY:
1- Labor, works, perseverance, faithfulness and always stay in your first love
2- Be faithful until death.
3- Honor de name of God, keep the faith and never accepts the Balaam doctrine nor the
     Nicolaitans.
4- Keep good works, love, faith, perseverance , increase your last good works, and never 
     tolerate  Jezebel.
5- Be alive, keep your life righteous before God
6- Keep the Word of God, do not deny the name of the Lord and be vigilant.
7- Be of warm faith, wear white vests and use eye drops

O ESTILO DE VIDA DAS SETE IGREJAS


A igreja deve perseverar e ser vigilante para manter-se viva, andando sempre no primeiro amor, em fé e em justiça, guardando Sua Palavra, não negando mas honrando o Seu nome, progredindo sempre nas boas obras,  sendo fiel até a morte. Nunca deve tolerar a doutrina de Balaão e dos Nicolaítas, nem permitir qualquer influencia da Jezabel . Deve sempre manter suas vestes brancas, comprar de Deus ouro fino e manter sua visão clara usando o colírio Dele.

QUEIMANDO INCENSO NO TABERNÁCULO

QUEIMANDO INCENSO
NO TABERNÁCULO
Lc 1: 5 a 25
Introd: Queimar incenso era uma ordenança dada em relação ao culto a Deus no VT. Os sacerdotes deveriam manter o incenso queimando dentro do Tabernáculo. Nos presentes dado a Jesus pelos Reis Magos, o incenso significava o ofício sacerdotal, que é o de apresentar pela intercessao os homem perante Deus. Incenso significa a "oração do santos" Apoc 5:8. Era isso que Zacarias estava fazendo. Veja o que o texto nos mostra Deus fazendo enquando Zacarias queimava incenso na presença DEle.

I – OFERECER  INCENSO AINDA QUE COM PROBLEMAS, LUC 1:5 A 10
a – Problemas, apesar de uma vida de Santidade, v.5a 9
   a.1 – Vivendo uma situação considerada maldita.
   a.2 – Carregando sobre si o peso da esterilidade.
   a.3 – Parecia que a situação não mudaria... ja era velho.
   a.4 – Um sacerdote cuja oração parece não funcionar.
b – Recebe sobre si o fardo da expectativa do povo, 10
   b.1 – O povo la fora orando....
   b.2 – O povo esperando sua saída para abençoá-los.

II – O INCENSO  MOVE OS ANJOS, LUC 1:11 A 17
  a – O departamento da comunicação entre em cena
     a.1 - Quando Deus se comunica, temor se apodera de nós, v.11,12
     a.2 – Quando Deus se comunica, a verdade é estabelecida, v.13
  b – Deus satisfaz nossos desejos dentro de um plano muito maior
     b.1 – O que queremos chega de maneira extraordinaria, v.13
     b.2 – É restaurado nosso prazer e alegria, que afetará muitos, v.14
     b.3 – Nossa geração será santa e grande diante de Deus, v.15
     b.4 - É parte de nosso destino fazer acontecer o plano de Deus, v.16,17

III - CRER OU FICAR MUDO, 1:18 A 22
    a – Fé é receber as boas novas e não "pensar em suas impossibilidades", v.18
     a.1 - Boas novas requerem um enviado que assista diante de Deus, v.19
     a.2 – Boas novas são a " Fala de Deus e entrega da benção", v.19
   b – Fala de incredulidade nos impede de expressarmos nossa benção
     b.1 – Impede de fazermos saber o que Deus fez conosco por um tempo, v.20
     b.2 – Impede outros de serem abençoados com nossa benção, v.22
     b.3 – Não conseguimos expressar de maneira digna a glória de Deus, v.22
     b.4 - Somos obrigados a servir a Deus em silencio, v.23
     b.5 - Produzimos um "espírito de ocultar a graça de Deus", v.24,25

Conclusão: Nesse texto aprendemos que fé é receber de maneira simples o que Deus tempara nós. Para isso é necessário deixarmos de olhar nossos problemas e aceitarmos o que Deus diz.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – Estou levando uma vida de depencia de Deus em oração?
2 – Quais são as duas coisa maiores que impedem de viver uma vida de oração?
3 – Quais as duas coisas  mais importantes que farei para melhorar minha vida de oração?

A MANJEDOURA E O REI

O REI E A MANGEDOURA
(Dando importancia ao importante)
Lucas 2: 1 a 20

Introdução: Natal é tempo de pensarmos sobre o que é realmente é importante na vida.  Na história do nascimento de Jesus há muitos detalhes que seriam importantes para nós mas que não são para Deus, e de coisas que são realmente importantes para Deus mas que não são para nós. Vejamos alguns:

I – O QUE É REALMENTE IMPORTANTE,  2:1 a 7
    a - Para nós, planejamento e segurança são coisas importantes.
    b – Para Deus,  a OBEDIENCIA (fazer a coisa certa) é importante
    c – Para nós, lugar apropriado, limpeza e conforto é importante
    d -  Para Deus é ESTARMOS NO LUGAR CERTO é importante

II - DE QUEM PRECISAMOS RECONHECIMENTO, 2: 8 a 14
    a – Para nós é realmente importante o reconhecimento dos homens
    b – Para Deus o que conta é o RECONHECIMENTO DO CÉU
    c – Reconhecimento de pessoas importantes é o que nos interessa
    e – Para Deus o importante é sermos RECONHECIDOS POR QUEM ELE manda a nós
    f - Para nós um sinal de grandeza é o que interessa
    g - Para Deus um UM SINAL DE HUMILDADE é o que interessa
    h – Para nós o louvor dos homens é o que conta
    i - Para Deus o louvor dos CÉUS É O IMPORTANTE.

III – QUE ASSUNTO É IMPORTANTE PARA CONVERSARMOS, 2:15 a 20
    a – Devemos conversar sobre conhecer o que Deus nos disse
    b - Devemos falar sobre o que vimos da parte de Deuso há esperança, v.12,13
    c - Nossa boca deve glorificar e louvar a Deus por tudo o que vimos da parte DEle.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO:

1 – Que tipo de coisas que tem sido importantes para mim?
2 – Quais as duas coisas que Deus considera importantes para mim?
3 – 2 coisas práticas que vou fazer para ajustar-me ao que Deus considera importante.

FUGINDO DE DEUS

FUGINDO DE DEUS
Jonas 1:1a17

Introd: Parece que a idéia de resistir e fugir de Deus é inconcebível, porém cada vez que queremos coisas que Deus não quer para nós (Balaão), cada vez que temos uma visão diferente da que Deus tem das coisas (Ananias e Safira), cada vez que colocamos nossos interesses acima dos de Deus (Judas), estamos resistindo e fugindo de Deus. Jonas é uma amostra de como alguém foge de Deus por ter seus interesses incompatíveis com os DEle.  Todos, de alguma maneira,  fugimos de Deus?

I – FUGIMOS QUANDO REJEITAMOS VONTADE DE DEUS, 1: 1 a 3
  a – Nosso problema não é "desconhecer" a Vontade de Deus, v.1,2
  b – Nosso problema é sermos contra sua Vontade, Jonas 4: 1 a 3
     b.1 – Então procuramos ir a outros lugares, v.3
     b.2 – Decidimos ficar longe do Senhor, v.3
     b.3 – Embarcamos numa viagem com destino e propósito diferentes, v.3

II – MAS O SENHOR NÃO DESISTE DE NÓS NEM DE SEU PLANO, 1:4 a7
    a – Os elementos da natureza ficam contra nós, 1:4
       a.1 - Ficamos em estado de Perigo, v.4
       a.2 – Colocamos a vida de outros em perigo, v.4
    b – Provocamos perdas, v.5
       b.1 – Trazemos o medo
       b.2 – Provocamos perdas meteriais
       b.3 – Entramos em estado de profunda depressão
    c -  Nos alienamos da realidade, v.6
       c.1 -  Que se passa contigo?
       c.2 -  Alienado de Deus

III - O SENHOR NOS EXPÕES, 1:7 a 17
     a - Somos descobertos por iniciativa de outros, v.7
     b - Somos chamados a responsabilidade pelos incrédulos que expusemos, v.8
     c - Nossa verdadeira identidade é revelada, v.9
     d - Que é isso que fizeste? v.10
     e - Que te faremos? v.11 a 17
       
Conclusão: Cristão fugindo de Deus é um atrazo e vida para si mesmo e para os outros.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – Que estou fazendo em relação à vontade de Deus pra minha vida?
2 – Quais são as duas maiores coisas que me fazem fugir de Deus?
3 – Quais as duas coisas  mais importantes que farei para parar de fugir de Deus?

O QUANTO QUEREMOS JESUS

O QUANTO QUEREMOS JESUS?
LUC 19:1 A 27

IntroduçãoZaqueu, rico, maioral do departamento do tesouro de Jericó, 
                       entretanto com um Vazio interior. Não estava feliz em ser
                       quem era, mas não tinha nenhum padrão  para ser diferente.
                       Então Jesus passa por sua cidade.

I - O QUE EU FAÇO DETERMINA O QUANTO EU QUERO, LUC 19:3,4
     a – Ao querer, encontro limitações externas e limitações pessoais, v.3
     b – São minhas limitações que provam o quanto eu quero:
        b.1 Limitações podem me bloquear
        b.2 Limitações podem me colocar em ação  
     c – Se realmente queremos, nos expomos, v.4
        c.1 Temos que correr adiante
        c.2  Temos que subir na árvore          
II – A INTENSIDADE DO NOSSO QUERER PROVOCA REAÇÕES, 19:5a7
       Duas possíveis reações:
         a - Jesus nos vê, v.5,6
            a.1 Nos chama pelo nome
            a.2 Nos tira do lugar ridículo
            a.3 Nos coloca no lugar de honra... hospedeiro...
            a.4 Talvez pela primeira vez conhecemos a verdadeira alegria
         b - Quem nao quer se manifesta, v.7
            b.1 Quem não quer murmura
            b.2 Quem não quer acusa Jesus
            b.3 Quem nao quer julga o próximo        
III  – O QUE DESCOBRIMOS QUANDO REALMENTE QUEREMOS, 19:8a10
      a – Descobrimos que somos aceitos mesmo sendo quem somos
      b - Descobrimos um arrependimento genuíno
      c - Descobrimos um propósito que não entendíamos antes
      e - Descobrimos que Deus tinha um plano para nós:
         e.1 Plano de nos dar a salvação
         e.2 Plano de revelar nossa verdadeira identidade: filhos de Abraão
         e.3 Plano elaborado para nos buscar e salvar

Conclusao:  Como conclusão Jesus conta a parábola nos versículos 11 a 27. Jesus ensina isso: "Quem realmente quer produzira e receberá mais ainda, quem não quer até o que tem será tirado. Qual a razão disso: v. 27 "Quanto, porém, a esses meus inimigos, que não quiseram que eu reinasse sobre eles, trazei-os aqui e executai-os na minha presença".

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – O quanto eu realmente quero Jesus?
2 – Quais as duas coisas principais que me impedem de me envolver mais com ELE?
3 – O que farei para solucionar o problema?

ANIMANDO-SE NO SENHOR

ANIMANDO-SE NO SENHOR
I SAM 30:1 A 20

IntroduçãoO contexto anterior. Davia se escondia de Saul e quando volta para 
                        casa em Ziclague acha tudo destruido e queimado, seu povo foi
                        levado cativo. O inimigo aproveita para agir em nossa ausencia.
                       Áreas em nossa vida que estão queimadas e há perdas. Nesse
                        contexto aprendemos que há dois estilos de vida cristã que
                        podemos viver: O estilo de Davi ou o estilo de vida de seus
                        homens.

I - A AÇÃO DO INIMIGO, I Sam 30:1a5
     a – O inimigo aproveita as brechas de nossa ausencia, v.1                                   
     b – O inimigo vem para roubar e destruir nossa Ziclague, v.2
     c – Descobrimos nossa perda quando voltamos para casa, v.3
     d – O impacto da descoberta de nossas perdas, v.4,5,6           
II – NOSSA REAÇÕES AS PERDAS, I Sam 30:6a10
       Duas possíveis reações às perdas:
         a.1 A angustia e a decepção assume a direção de nossas vidas, v.6
         a.2 Procuramos um culpado para descontar nele, v.6
         b.1 Podemos nos animar no Senhor mudando nosso pensamento, v.6
         b.2 Nos animamos trazendo as coisas de Deus a nossa presença, v.7
         b.3 Nos animamos descobrindo o que o Senhor pensa, v.8
         b.4 Nos animamos indo em busca do que nos pertence, v.9,10        
III  – O QUE DESCOBRIMOS QUANDO NOS ANIMAMOS NO SENHOR, 
          I Sam 30:11 a 20
      a – Descobrimos que Deus é por nós e não perdemos nada, v.8c
      b - Descobrimos que Deus tem provisão e direção para nós, v.11 a 15
      c - Descobrimos que Deus entrega nossos adversários em nossas 
            mãos, v.16,17
      e - Descobrimos que Deus entrega o que é nosso mais o despojo do 
           inimigo, v.18a20 

Conclusao:  É verdade que nao temos controle sobre muitas situações em nossa vida e que o inimigo se aproveita de algumas delas para tentar nos causar dano. Deus porém é nosso protetor e também nosso provedor.

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO
1 – Estou vivendo o estilo de vida de Davi ou de seus homens?
2 – Quais as duas coisas principais que me impedem de viver o estilo de vida 
      de Davi?
3 – Duas coisas principais que farei para solucionar o problema.