JOSÉ: UM MODELO DE PAI

 

JOSÉ: UM MODELO DE PAI 

MAT 1:18 a 25

 

Introd. Porque Deus escolheu José para ser pai de                                           Jesus?                                                                       

              Jesus tendo nascido como homem certamente foi influenciado pelas características

              demonstradas pelo seu pai. Que características  tinha Jose que o habilitou para ser

               pai de Jesus? Vemos que cumpriu sua terefa de protetor quando fugiu para o egito,

               de guia espiritual quando passou Jesus pelos rituais do judaísmo e quando ia ao

               templo todos os anos, de mestre quando ensinou as escrituras e uma profissão para               

               Jesus. Abaixo temos algumas características da pessoa de José.

 

 

I – CARACTERÍSTICAS DE JOSÉ, Mt 1: 19 a 25

    a – Justo, palavra usada para descrever um crente verdadeiro Mt1:19

    b – Misericordioso, não queria infamar Maria, Mt 1:19

    c -  Gracioso, recebeu Maria por sua esposa, Mt 1:24

    d -  Ouve a Deus e obedece, Mt 1:20,21,24

    e -  Dominio próprio, Mt 1:25

    f -  Não procrastinador, levantou cedo para proteger Jesus, Mt2:4

    g -  Obediente as leis do governo, Luc 2:1-5

    

II – LIÇÕES QUE APRENDEMOS COM JOSÉ

     a – Paternidade é atividade muito importante, requer humildade e submissão

     b – Obediencia a Deus involve riscos, concebido pelo ES?

     c -  Autoridade de Deus é inquestionável, casar com adúltera?  

     d –  Pobreza não é empecilho no serviço de Deus

     e –  Obediência é base para a liderança

 

Conclusão: Deus honra pessoas de integridade e as recompensa com sua confiaça.

                     Misericórdia sempre triunfa,  obediencia pode resultar em humilhação

                     perante os homes, porém resulta em intimidade com Deus.

 

PERGUNTAS PARA MEDITAÇÃO

 

1 – Quais as minhas características que me assemelham a Jose?

2 – Que farei para desenvolver as características que ainda ma faltam?

COMO GANHAR SUA ALMA

 

COMO GANHAR SUA  ALMA

MAT 16:24a26

 

Introd: Se o ítem mais importante do processo de santificação é ganhar

              nossa alma, e se rntramos no processo de santificação quando

              nascemos de novo e sairemos dele quando Jesus voltar ou quando

              morrermos, isso significa que devemos concentrar todos nossos

              esforços da vida cristã nesse processo.

 

I – ENTENDENDO QUEM SOMOS E COMO FUNCIONAMOS

  a -  A falta de entendimento é o grande problema, Is 5:13

      a.1 Somos corpo, alma e espírito, 1 Tes 5:23

      a.2 Podemos ser pessoal natural ou pessoa espiritual

      a.3 Somos pessoas naturais por causa da natureza pecaminosa, Rom 6:6, 1 Cor 15:45-47

      a.4 Nos tornamos pessoas espirituais quando nascemos de novo, Jo 3:6, 1 Cor 15:47-49    

  b – Precisamos ser transformados pela renovação da mente, Rom 12:1,2

     b.1 Nossa mente(alma) está prisioneira da natureza pecaminosa quando nascemos

        b.1.1 Nossa alma é intermediaria entre nosso espirito e nosso corpo

        b.1.2 A natureza controla nosso espírito, alma e corpo.

        b.1.3 Na alma está nosso consciente e nosso sub-consciente

        b.1.4 Porisso a natureza pecaminosa domina espírito, alma e corpo

     b.2 Nosso espírito é regenerado e deve começar a controlar nossa mente

        b.2.1 Nele habita Deus, o Pai, Filho e o E.S.

        b.2.2 O E.S. pela nossa obediencia à Palavra limpa a alma

        b.2.3 Nossa alma santificada começa a controlar nosso corpo

        b.2.4 Nosso espírito ja regenerado fica debaixo do controle do E.S.

        b.2.5 Começamos então a manifestar as atividades do E.S. na alma e corpo

 

Conclusão: Perder a vida não é matar a alma, é permitir que o Espírito Santo,

                    pela obediencia à Palavra, purifique e controle nosso consciente

                    e sub-consciente. É assim que passamos a ter a mente de Cristo.

 

PERGUNTAS

 

1 – Como temos vivido nossas vidas em relação ao controe da nossa alma?

2 – Quais são duas áreas em que não controlar minha alma?

COMO ENTRAREMOS EM NOSSO DESTINO

 

COMO ENTRAREMOS

EM NOSSO DESTINO

EXODOS CAP 2,3

 

Introd: Este é um estudo sobre como Moiséis entrou em seu destino.

             Veremos alguns princípios bíblicos na vida de Moiséis que nos

              trarão entendimento de como podemos entrar em nosso destino.

              Destino é uma promessa condicional.

 

I – MEU DESTINO NÃO É UMA FATALIDADE

   a – Somos cooperadores de Deus, 1 Cor 3:9

      a.1 A questão do destino depende de onde viemos e para

            e para onde vamos, Jo 16:28

      a.2 Destino não é gerado por nossas ideias ou desejos, Ex 2:11,12

      a.3 Nosso destino não é realizado pela nossa capacidade natural At 7:20-22

      a.4 Deus lidera nosso destino por meio de sua palavra, Ex 3:3-10, 1 Cor 10:11

      a.5 Somos cooperadores com Deus em nosso destino, Ex 3:11,12     

  b – Nosso destino é o propósito de Deus para nós, Prov 19:21

     b.1 Nosso propósito é realizar uma tarefa, Gen 2:15, Ex 3:10, Ef 2:10

     b.2 A nossa tarefa é realizar o propósito de Deus, Gen 13:14-16, Ex 3:6-10

     b.3 Propósito é mais poderoso que planos,  Rom 8:28

     b.4 Propósito é mais importante que planos, Ex 3:8

        b.4.1 propósito tem a ver com a razão para fazer, Ex 3:12

        b.4.2 planos teem a ver com os métodos para fazer, Ex 3: 15-22

     b.5 Propósito vem antes de planos e é maior que nós, Ex 3:11    

Conclusão: Uma vida fora de nosso destino é uma vida sem propósito,

                     uma vida triste que conduz a decepção e a depressão. 

PERGUNTAS 

1 – Como temos vivido nossas vidas em relação ao propósito de Deus?

2 – Quais são duas áreas em que não conseguimos estar no propósito de  Deus?